quinta-feira, 2 de julho de 2009

Psicopata

Há como saber se alguém que conhecemos é um psicopata? Nem sempre, mas há pistas. Os psicopatas com freqüência, convencem as pessoas com sua simpatia e seu arrependimento. Só o tempo consegue acabar com a ilusão.

Um estudo feito pelas Universidades de Carleton e Harvard chegaram à uma conclusão, de que quatro a cada 100 pessoas poderiam ser consideradas psicopatas.

Se isso for realmente verdade, se quatro em cada 100 pessoas não tem consciência de suas atitudes, é quase certo que algum dia possamos "esbarrar" com um psicopata. Esses mesmos estudiosos revelam sinais de alerta para que possamos identificar tais pessoas.

São eles: O SEDUTOR. Devemos ter cuidado com pessoas aparentemente charmosas, psicopatas em geral tem um brilho ou carisma que os tornam mais interessantes que os outros.
Eles são mais espontâneos, intensos, complexos e sexy do que a maioria, dificultando sua identificação e nos seduzindo facilmente.

Para fugir dessa armadilha,a sugestão é que desconfiemos das pessoas que elogiam os outros de maneira excessiva. Cuidado também com quem se faz de coitado,ou com aquela pessoa atraente que "apenas precisa de um lugar para passar a noite".Outro sinal vermelho:"Se alguém o faz se sentir feliz e logo depois muito triste sobre si mesmo,fique atento".

O MENTIROSO .Quanto mais você conhece um psicopata ,mais "as informações não batem".Num dia a pessoa diz que tem um chalé na montanha,no outro,uma casa na praia. Ele fala que ganha um ótimo salário,mas nunca conserta a janela quebrada do carro.
"É comum contarmos mentiras leves para nos proteger,mas os psicopatas mentem para sobreviver."Diz Adele Forth,psicologa da Universidade de Carleton."O principal",diz Forth,"é ouvir sua voz interior e sua intuição,que dizem quando algo está errado".

O que difere os normais dos psicopatas é que ,em sua maioria,as pessoas repensam o próprio comportamento quando se dão conta de que estão fazendo alguém sofrer,ao passo que os psicopatas ficam indiferentes ou até apreciam o sofrimento alheio.

24 comentários:

  1. É infelizmente já fui vítima de uma mulher com perfil assim, e é impressionante como as caracteristicas desse tipo de pessoa, tanto como a forma de reação quando questionados quanto a sua forma de agir. A pessoa não assume responsabilidades quanto a seu comportamtamento, falta empatia e parece haver algum tipo de "prazer" em causar dor naqueles que mais querem ajudar!!!!
    Alberto - São paulo

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Obrigado por sua colaboração, tenho notado um numero crescente de mulheres psicopatas, as pesquisas dizem que a maioria é homem!!! mas ja é questionavel essa afirmação, talvez a mulher seja mais discimulada... por tanto mais perigosa sem contar com o apelo sexual que nelas é sem duvida uma arma
    Espero que tenha se livrado desta criatura sem maiores danos!!!
    Grata

    ResponderExcluir
  3. acehi muito legal esse blog... vou acompanhar e adoro esse assunto sobre psicopatas. XD

    ResponderExcluir
  4. Passou por minha vida um psicopata, mas descobri isto 8 anos depois.Neste meio tempo ele engravidou uma moça teve uma filha. Depois de 3 anos desta gravidez ele se casou escondido de mim, negou ate a morte, o casamento nao durou 3 meses, separou, a moça estava gravida, ele escondeu de mim novamente, quando eu descobri o bebe ja estava com 4 meses. Não tem fim cada estoria, cada desculpa, ele afastou as pessoas de mim, eu vivia em mundo so eu e ele.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de saber se cometem violencias com os filhos no caso de ser mae. E quais os tipos de violencia, e em qual momento.Pois desconfio que uma pessoa que conheço e psicopata e estou muito preocupada.

    ResponderExcluir
  6. Me envolvi com um picopata por sete meses, ele me destroçou por dentro, mentia e havia dias em que me tratava com muito carinho e outros em que simplesmente a frieza e a indiferença ao que eu sentia era o prato do dia, e o que me "livrou" dele foi observar e prestar atenção e muita atenção às coisas que ele dizia e fazia, comecei a notar que ele caía em contradições quanto ao que falava, suas ações falavam mais alto para mim e eu comecei a fazer tipo uma pesquisa social dele com os seus connhecidos e seus familiares, mas de forma bem sutil, levei tempo mais cheguei onde queria descobrir a verdade a respeito dele e confesso fiquei estarrecida com o que descobri, me afastei dele e ele acha que não foi por eu ter descoberto que ele é uma desgraça ambulante e eu deixo que ele pense assim, de vez em quando a gente se esbarra por aí e até conversa, ele continua o mesmo mentiroso e manipulador de sempre e eu ouço o que ele fala e finjo que acredito no que ele diz. Tento viver o meu dia-a-dia e me tornar mais forte com a experiência amarríssima que eu tive.
    Vejo nele um infeliz que vai morrer assim, eu tenho a chance de ser feliz e ele não tem essa escolha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sei como é, tb passei por isso recentemente, com uma estoria parecida com a sua(a minha durou 2 anos e meio), mas apesar da dor emocional que nos arrasa tem gente passando por coisa pior, como tenho lido, gente que nao vê fim nessa estoria, que é perseguida por eles(psicopatas).

      Excluir
  7. Bom dia gente!!!
    Me envolvi com o psicopata, mas so me dei conta depois de 8 meses da nossa relação.
    Ele me conquistou claro, todo charmoso, atencioso, viajamos juntos e tudo, porem ele me dizia ser separado e tinha 2 filhos, quando chegamos de viagem, uma ligação do filho mudou ele completamente, e ele se tornou outra pessoa, desapareu por uns dias, mas sempre que voltava trazia um presente para mim, eu sou uma mulher independente tenho meu salário e aquilo nao me caia bem, como sou mto esperta, fui investigando tudo aos poucos, e descobri que ele tinha voltado com a esposa, mas o cara fez um personagem comigo, me levou para conhecer a mae e tudo mais, eu muito esperta e com amigos em todos os contatos possiveis de se descobrir algo, foi investigando, telefones, e descobri ele, gente o cara era louco, mentia o tempo todo, falava que tava em depressao, ate tomava remedio, mas dai as coisas que ele falava comecar a nao bater, e eu em um dia de furia e com mta razao, mandei um email terminando tudo com ele, achei ruim demais, mas vi que a pessoa que eu conhecia nao existe mais, e outra eu comecei a alertar algumas pessoas sobre ele. Nossa nao desejo isso para ningeum, minha sorte e que minha mae e psicologa e me ajudou mto, pq ate a minha mae com toda a psiologia dela, ele conseguiu enganar. Eu excluir ele na minha vida, apaguei telefone, msn tudo,skype, tudo tudo, e comecei a entender pq nada na vida dele dava certo, ele tinha um otimo emprego e foi mandando embora, mas ele e tao inteligente, e dai as coisas foram se encaixando para mim, mas como eu disse a ele, vc tem uma filha e ela pode nao ser tao esperta como eu fui e te tirei da minha vida, coitado em qual seculo ele pensou que estava vivendo ne?Coitadinho hoje tenho do dele e da esposa tambem, pois essa nunca tera tranquilidade na vida, uma vez que ele e um personagem. Nossa nunca na minha vida pensei em passar por isso, logo eu e minha familia somos tao transparentes e honestos.
    Quando ele leu o email que eu estava terminando tudo com ele, ele me ligou bravo demais simulando que eue stava errada kkk, tadinho dele, palhaço.
    Mas como diz o velho ditado, qdo a esmola e demais o santo desconfia hehe..bjaooo

    ResponderExcluir
  8. Adorei este blog! Era tudo o que eu estava precisando! Me apaixonei por um psicopata há aproximadamente 2 meses atrás, descobri a 3 dias atrás que tudo o que ele dizia era mentira compulsiva nas quais eu acreditei (terei que me auto analisar em como sou um alvo para este tipo de vampiro!), mas estou muito incomodada com meu próprio sofrimento e sentimento de saudade dele..., e isto me deixa com muita raiva de mim mesma...Mas agradeço muito a Leila e que Deus a abençõe por ter tido a luz de criar este blog. Bjus e feliz 2011 prá todos!!

    ResponderExcluir
  9. Vivi um relacionamento de três anos com um psicopata. Desde a primeira palavra, só o nome era real. Hoje, vivo como se eu fosse uma cidade assolada pela bomba atômica, em escombros, buscando o que sobrou de mim, sem entender porque sinto saudades, sem entender porque fui vítima, e eu amei até a última mentira, lembro-me dos abusos, dos gritos que não combinavam com o que ele dizia sentir, as dívidas escondidas, os planos que jamais poderiam se realizar e choro pela burrice de acreditar, pela esperança que enterrei, pelo vazio que ficou, por tanto amor que desperdicei. O fim foi quando a violência verbal foi tomando conta de tudo, porque eu o flagrei com outra mulher. Tudo que me foi dito foi mentira? Porque? Hoje, ele está abrindo um negócio que eu ajudei a planejar, prestes a inaugurar, se sentindo um mega empresário, e eu me esforçando pra fazer de conta pro mundo que está tudo maravilhoso, fingindo em minha própria casa, em minha própria vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como se sente, tive um relacionamento de 2 anos e meio e a sensação é a msm. Terminei há 3 meses e só penso em qdo vou me recuperar disso tudo, mas tem me ajudado ler textos como o seu. Vi que escreveu tem mais de 1 ano, espero que há essa altura vc já tenha se recuperado, assim como espero estar recuperada o mais rápido possivel. No meu caso descobri que ele esteve quase que todo tempo que esteve comigo com uma ex namorada tb e tenho fortes suspeitas que tb sai com homens. Destruição total pra minha auto-estima... porque vcs que leem aqui sabem como são os psicopatas, o desprezo pelo sentimento alheio, as mentiras, a culpa que nos faz sentir, enfim, todas as coisas dessa gente sem sentimento e de pura maldade.

      Excluir
  10. Ola sou vitima de uma psicopata, infelismente ela é minha mae, hj tenho 30 anos e dois lindos e desejados filhos, consegui me casar e sou feliz, porem por muito tempo fui vitima de minha propria mae, começou pelo que me recordo qdo tinha 11 anos ela me chamava no banheiro e com uma tessoura cortava todo meu cabelo, alegando que era para eu nao perder minha virgindade e nao me perder como ela mesmo adora fazer, eu implorava para ela nao fazer isso, e no outro dia eu ia para a Escola com lagrimas, ninguem intervia porque ela manipulava com exatidao tudo e chegou a convencer meu pai que era por amor que ela fazia isso comigo, isso aconteceu ate meus 13 anos, frequentemente era vitima de suas raivas sem motivos, ela batia de mais em mim, a ponto de um dia a Escola em que estudava a chamar e ela conseguiu sair como a mae correta, aconteceu tb com meus irmaos, o mais velho ela fazia ficar pelado no portao de Casa para ele aprender a nao fazer xixi na cama...quando era apresentada a uma coleguinha de escola normalmemte ela ganhava a amizade dessa amiguinha e me tomava isso e eu passei a me excluir, nao levava amigas em Casa, nao namorei porque ela me dizia que meu corpo era horrivel, que eu era magra de mais, dizia para meus irmaos me bater, um dia eu fiz uma malcriaçao dessas que crianças fazem, que me lembro eu nao queria lavar as louças e ela me bateu e eu fui embora de Casa, ela escreveu uma carta dizendo que eu era a culpada dela ter se suicidado, e pegou uma corda e feriu seu pescoço ate ficar roxo e a carta nas maos ela permaneceu deitada no chao, só que isso perto do horario que meu pai chegava ou seja ja calculando que ele a impediria...dito e feito ele a impediu, me acharam pq fui na Casa de uma tia e meu pai e meus irmaos me culparam dizendo que eu iria fazer minha mae se matar...gente ser vitima de uma pscicopata é doloroso de mais, sao danos irreversiveis, com tudo isso aos 16 anos comecei a trabalhar, estudava muito e ela dizia que nao adiantaria porque eu iria terminar lavando bunda de nenem...mesmo assim me formei aos 18 anos e fiz faculdade depois que abandonei minha Casa, graças adeus eu conheci meu marido que na época viu os maus tratos que sofri e com uma semana de namoro ele me convidou para morar com ele, eu com 19 anos e ele com 20, a familia dele me aceitou, eu ganhei um pai e uma mae com meus sogros, me casei de veu e grinalda pq era meu sonho, ninguem foi ao meu casamento apenas a familia do meu marido, apos um ano eu tive meu primeiro filho lindo, descobri o amor mais verdadeiro que possa existir, eu havia virado mae e tive a oportunidade de fazer por ele tudo que nunca tive, hj tenho uma vida feliz e apos 10 anos tive minha filhota e com um casalzinho de filhos vou seguindo minha familia abençoada, me formei em publicitaria, sou hj uma mae dedicada e uma esposa amada e feliz, mas no fundo continuo a viver com a dor de nao ter tido uma mae, nao sei o que é um carinho de mae e nem imagino pq deus me fez vir em seu ventre, para espanto ela frequenta minha Casa, diz claramente que odeia meus filhos, me pede dinheiro alegando ser uma velha sozinha, meu pai morreu a tres anos de infarto ao lado dela e ninguem me tira a convicçao de que ela o matou...meus irmaos cada um sumiu , uns foram morar longe outros simplesmente perderam o contato somos em 4 e só eu a visito, ela namora, mora sozinha, nao da um dia de serviço a ninguem, vive no luxo que consegue enganando as pessoas, ela convenceu uma moça alejada sem as pernas a dar 500,00 por mes para ela em troca de consultas espirituais que ela tb diz ter dons de cura...uma desgraçada que por onde passa deixa rastro de sua doença...nao nos falamos mais eu dei um basta, nao a quero por perto e nem quero que se aproxime dos meus filhos....um desabafo, me perdoem, quem passa por isso sabe a dor que carrega, meu email é amandharamos@hotmail.com me escrevao se quiserem pq sei o que é um pscicopata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou filha de uma psicopata e também sofri abusos irreparáveis na infância e principalmente na adolescência. Estou grávida, minha mãe se aproximou novamente de mim pedindo perdão e alegando querer ser avó. Ela fez da minha gravidez um inferno e eu estou apavorada com a presença dela. Não sei como fazer para me afastar. Ela não me respeita ou respeita meu marido. Dá escândalos, diz que vai ver a neta e pronto. Preciso de ajuda. Preciso me livrar disso. Temo por minha filha que vai nascer...

      Excluir
    2. Ola hoje em2014 li seu relato.como vc conseguiu lidar com isso.minha mãe ê uma psicopata manipuladora

      Excluir
  11. ola. ao ler o acima escrito, mais triste fico! meu ex tb é um psicopata, mas devo dizer q sofri muito... manipulacoes, chantagens, e o sentimento dele de posse sobre mim, de me dominar. pior ainda, tudo aquilo q eu n gostasse, e q ele fazia!.. tinha atitudes de pirraça p me magoar, dava a sensacao q ele planeava, fazia esquemas para me atingir. o maisengraçado, e q ele, tudo por nada fazia ciumes, mas ficar perto de mim, ele nao fazia, pois adorava estar sozinho e controlava-me pelo telefone e pelo meu carro,uma vez q eramos vizinhos: so ficava comigo, 2 vezes por semana; mas fazia-me uma marcacao terrivel. nao queria ver-me com ninguem, nem ja c familia, alegava sempre q iam aparecer outras pessoas(homens), insultava-me constantemente, palavras humilhantes... ate q eu depois comecei a atirar-lhe na cara q ele era um doente, um psicopata. e inclusive naquilo q li, porque fui estudando ele parecia um borderline. nada lhe agradava, nao agradecia a nada, n mostrava interesse nas coisas, nada lh fazia diferenca.era muito mau ele! entretanto, oferecia-me coisas caras e sempre q eu precizasse ele estava disposto a dar... mas amor e carinho era dificil. tudo q eu fizesse tinha q avisar senao era confusao... os meus passos ele tinha q saber, ate p ir as bombas d combustivel q era na rua por tras da nossa eu tinha q avisar. eu n podia falar ao telefone c ninguem qd estivesse c ele, ficava irritado. um amigo comprimentar-me p ee, o amigo queria ter algo comigo. queria toda atencao do mundo, q eu lh elogiasse, que eu dissesse q ele e lindo, mas sp tudo ao telefone... e ele adoarava carinho,mas a mim nao dava. eu sou bonita modesta e a parte, mas ele nunca me elogiava, eu vestia-me tao bem p irmos jantar fora, ee nunca elogiava, so sabia fazer ciumes! inventava perfis no facebook e pedia-me amizade, para ver s descobria alguma coisa em mim. distorcia as minhas palavras, e tudo q ele dissesse muitas vezes dizia q quem disse fui eu. era um louco mesmo e muito mau... vinagava-se do nada, com medo q eu lh fosse trair, ele acabou por trair, por uma mulher em casa dele.

    ResponderExcluir
  12. olá boa tarde gente olha eu tbm sofri muito com minha mãe quando eu era criança e até hoje sofro pois ainda moro com ela ñ foi diagnosticada com psicopatia mas estou convicta que ela é uma, tudo que eu li sobre o assunto é igual o jeito dela ser e de alguns irmãos dela tbm, ñ sabemos mais oq fazer só jesus em nossas vidas ela é fingida só agora com o tempo é que estou desconfiada disso a levei no psiquiatra ele passou alguns remedios mas ñ surtem efeito mas ñ falamos dela ser psicopata agora que sei os sintomas vou falar para o medico mas fiquei sabendo que ñ existe tratamento ai fico muito triste pq temos que conviver em um inferno e ñ podemos faser nada.

    ResponderExcluir
  13. Olá. Conheci um homem dos sonhos de toda mulher na internet,em um site de relacionamento. Ele dizia tudo o que eu queria ouvir, era sedutor, educado, inteligente, e desde o início jurou me amar, juro ter encontrado a mulher que encarnava seu conceito de amor. Eu cai de joelhos logo de cara! Em curto tempo o amava desesperadamente. Ele sumia e voltava, as vezes ligava diariamente, as vezes passava semanas sem ligar e qdo eu ligava seu numero estava desligado. Descobri que era casado depois de um tempo, me jurou que separaria para se casar comigo e eu acreditei. Depois de um tempo descobri que continuava em sites de relacionamento e aos poucos fui descobrindo que tinha dezenas de mulheres que a todas conquistava e a muitas enrolava e a outras desaparecia do nada. Ele mentia, ludibriava, criava histórias e eu acreditava em tudo. Eu o amava loucamente. Minha vida era dele, para ele, passava os dias aguardando seus telefonemas e esperando nossos encontros. Ele me realizava em todos os sentidos e me deixava sofrer todo o resto do tempo e eu sabia das mentiras e acreditava nas desculpas e minha vida virou um tormento. Quando eu dizia que ia embora ele me buscava de volta, me chamava de princesa e dizia que morreria sem mim. Adoeci, perdi amigos pq não saia mais, pedi licença do meu emprego, vivia grudada no celular e ele tinha amantes e mais amantes, mas jurava que era eu a mulher da sua vida e que todas mentiam, eu sabia que elas não mentiam, mas ele as convencia assim como convencia a mim. Um dia ele se cansou e sumiu e eu sofri, tive crises nervosas, fui internada com depressão. Nunca mais o procurei e nem quero saber noticias dele. Deletei telefone dele, o blog dele, a existência dele. Ele me destruiu, não acredito em mais ninguém e tenho certeza de que ele continua por aí beijando as almas e corpos das mulheres que conquista todos os dias sem piedade.

    ResponderExcluir
  14. http://www.cprj.com.br/imagenscadernos/04.Uma_violencia_silenciosa.pdf

    ResponderExcluir
  15. Minha mãe sofre disso e é terrível... Ela inventa histórias minhas às parentes dela... Ela começou com isso quando eu tinha 14 anos e fiquei magra, todas as mulheres da minha família são obesas.... Primas e tias. Eu sofri muito por ser a única com a biologia de ser magra e alta... Mas o meu conselho é você ficar longe, pode ser difícil no começo, mas tem que ser assim.... E pronto... Ela vai manipular situações para distruir sua vida... Eu ja visitei pessoa que amo manicomizada... Vi como tudo isso funciona... E saí forte, uma pessoa alegre, cheia de amigos, Mas veja bem...Fui sempre guerreira... Batahei por meus objetivos e ninguem nunca me segurou... Sou muito humana... Mas saiba de uma coisa, única resposta pra tudo isso é ser feliz.... Longe da pessoa e é melhor que ela nem saiba da sua felicidade... Pois ela poderá tentar destruir tudo... Sou jornalista no interior... Eu sofro muito com eles pois ela manipulou todos contra mim, meu pai e minha irmã é depressiva ha dez anos numa cama, ela faz minha irmã ficar depressiva, ela manipula a mente da minha irmã pra ela ser depressiva, e minha irmã ja ficou igual ela... Meu pai tbm... é Um jogo sujo... Tenho uma imagem intacta e ela tenta de todas as formas destruir o que conquistei com boa conduta .... Eu nem sofro mais porque até isso eles gostam... Procurei assumir um estilo de vida cheia de amigos, tratar todos bem, cuidar muito de mim, esteticamente, visualmente e emocionalmente... Só a felicidade faz com que esse OPRESSOR se sinta fraco... Orações tbm, eles são capazes de tudo, minha mae chega a fazer orações de joelho contra mim... Quando namorei um cara muito rico ela me dava conselhos errados sobre como agir com ele... e qando dava tudo errado ela colocava culpa em mim... Quero muito que ela veja minha felicidade completa ainda nessa terra,mas veja de longe.... Pra não conseguir atrapalhar nada.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pela iniciativa de criar esse canal de comunicação. Já tinha pensado em criar algum grupo de ajuda às vítimas de psicopatas

    ResponderExcluir
  17. Bom dia ...estou precisando de ajuda em relação a minha esposa.
    Desconfio que ela tenha algum problema com sentimentos e empatia e estou sofrendo muito com isso.
    Já pesquisei muito sobre vários assuntos, psicopatas, dupla personalidade mas não consigo determinar em qual ela se enquadra por apresentar alguns sintomas não todos.
    Você citar alguns sintomas:
    *Ela e uma pessoa muito boa maravilhosa, mas também pode ser o oposto quando fica nervosa e capaz de partir para agressão sem pensar, que por diversas vezes já fui agredido por ela fisicamente e emocionalmente, por exemplo basta eu ficar na frente dela tentando conversar quando esta brava que já parte para agressão dizendo que estou na frente dela e isso e a desculpa para me agredir.
    *Faz as agressões e não sente remorso em nenhum momento sempre tem uma desculpa para justificar sua maldade.
    *Não aceita que as pessoas falam pode até ouvir e ficar quieta e em um momento de raiva demonstra que não gostou do que ouviu.
    *Acumulo de ódio e raiva, quando se entra em uma pequena discussão, todas as brigas, desentendimentos do passado voltam à tona alimentando o ódio e a raiva dela.
    *Quando está bem diz eu te amo demonstra afeto, mas quando brava demonstra todo ódio do mundo e pela reação não duvido que pense na minha morte.
    *Totalmente instável com sentimentos, hoje entende tudo amanhã qualquer virgula e motivo para acionar o ódio e raiva dentro dela.
    *Quando está bem tem uma opinião, quando esta brava tem outra totalmente contraria e sempre com uma desculpa para justificar a mudança.
    *Conversas e fatos sempre entende de uma forma exagerada sempre com tendência para o lado ruim ou até mesmo mudando os fatos de como e na realidade, mesmo tentando explicar não consegue entender da forma certa, somente que ela pensa está certo....
    *Não gosta de ser contrariada qualquer coisa pode ser uma opinião sobre uma roupa e motivo do ódio vir a toda na hora ou em um momento mais tarde.
    Atualmente vivo no Japão e aqui devido à dificuldade da língua e existir poucos profissionais na área e muito difícil conseguir ajuda.
    Gostaria de uma opinião se possível de um profissional na área, porque apensar de tudo que estou passando amo ela e desejo ajuda la, vivo com ela a 10 anos e tenho uma filha de 7 anos com ela.
    Obrigado a todos que puderem me ajudar.....

    Vou utilizar o pseudônimo (Japan).....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao (Japan). Não sou especialista em psicologia mas analisando as atitudes de sua esposa, tah mais parecendo que ela é uma "wagamamá" em japonês que em português significa "mimada". Isso é falta de sofrer na qual enxerga somente o próprio umbigo. Apesar que existem pessoas que o verde pra elas é azul.. enxergam totalmente de uma outra forma e fora da realidade. O modo de analisar as coisas não é compatível com o da maioria.. e por aí vai.. Acho que isso não tem conserto não viu amigo. Vc ainda vai se desgastar muito nessa vida com ela, pelo jeito.

      Excluir
  18. Incrível, parece que falaram aqui oq tah na minha boca. Só que vcs tiveram a sorte de descobrirem a tempo, pois no meu caso já não tenho mais como me levantar devido a minha idade(63anos) Não me suicido pq só Deus pode tirar a nossa vida. Estou lutando para sobreviver com oq restou de mim. Não me importo mais que meus filhos e minha nora q eu tanto amava, não acreditam em mim. Apenas acham que sou uma pessoa desiquilibrada e que o psicopata do meu marido é um coitadinho judiado. Me tornei numa pessoa fria, distante e amarga. Os golpes um-após-o-outro foram como uma canivetada em cima das feridas abertas. Já sangrou muito mas agora não sangra mais. O meu semblante hoje. é de mulher má. Ele matou até o meu sentimento de compaixão que eu tinha. Matou a minha dignidade, a minha fé, a minha esperança. As vezes eu chego a duvidar que Deus existe pois não é possível uma pessoa tão cruel e sem alma fazer tanto estrago na vida do outro e não ter justiça, não sofrer nenhuma punição aqui na terrena ainda. Enqto isso as vítimas vão morrendo de desgosto e de doença pois desgosto traz enfermidade, enqto q ele, vive no bem-bom sempre ileso, levando vantagem em tudo. Se eu soubesse antes que ninguém acredita na vítima de um psicopata, jamais eu teria aberto o meu coração para os meus filhos e nora. Nessa altura da minha vida não sei oq fazer comigo. Me separar? é lógico que já tentei. Oq fazer depois que os cacos viraram pó?

    ResponderExcluir
  19. Fui vitima de um psicopata também, olhe que até descobrir isso muita água rolou pode baixo da ponte..

    ResponderExcluir