quinta-feira, 19 de julho de 2012

Como Lidar com um Psicopata.

Deixar uma pessoa irritada, em pouco tempo, não é um dom para qualquer um. Primeiramente, a pessoa tem que ter um nível elevado de cara-de-pau, falta de noção e ser dissimulado. Só assim, consegue fingir que não está entendendo a nossa raiva. Pessoas normais também podem ser irritantes. Já um psicopata, será em disparado o mais insuportável. Ainda mais se ele tiver acabado de levar um pé na bunda e não ter mais nenhum contato com a vítima. Aliás, sumir do mapa é a única coisa que garante a sua paz. A pessoa quando está nessa fase, vai te ligar, uma, duas, três, quarenta e oito vezes. Se você for inteligente, não vai atender. Ele vai sumir por um tempo, mas não se engane, em alguns dias aparece de novo. . Com o tempo, você vai repensar, achar que pegou pesado e vai estar mais calma. Procure usar isso a seu favor e não mantenha contato. Mesmo que ele não pare de te procurar. Você quer saber por que que quanto mais o ignora, mais ele insiste? Será que ele não entendeu o recado? Sim, amiga, ele entendeu. Ao contrário do que pensa, ele não é tão burro assim. Ele acha que você é! E sendo assim, acredita que mais cedo ou mais tarde vai ceder e falar com ele. Para ele, você é fraca. Ele subestima a sua inteligência e não admite que você quer distância dele. ELE QUER manter o contato e é só a OPINIÃO DELE que importa. Foda-se você. Ele quer fazer de você o brinquedinho dele. É tão gostoso fazer você de gato e sapato… Resista. Se você ceder agora e atender o psicopata tudo que conseguiu até agora vai por água abaixo. Ele vai te irritar porque não tem nada de interessante para te dizer, simplesmente quer continuar botando a culpa nas coisas que você fez. Entenda que ele tem a necessidade de manipular os seus sentimentos. Quer identificar um psicopata? Ele dirá que você é única, que nenhuma mulher é igual você, vai implorar novas chances de provar o quanto te ama, vai apelar para sentimentalismo barato dizendo que está na pior fase da vida, que está sofrendo e outras mentiras. Um conselho de amiga, finja que não ouviu nada. Ele te trata como idiota? Tenta te fazer acreditar a qualquer custo que você está mal? Que o que está vivendo é um momento de ilusão, que está andando com as pessoas erradas? Ele é um cretino. Não tente mostrar que você está ótima, isso o deixa no veneno. Se nada der certo, ele vai tentar ser seu amigo e querer saber como está a sua vida, se está namorando, etc. Seja curta e grossa. Ele não precisa saber detalhes da sua vida. Ponha na tua cabeça que sua infelicidade é a felicidade dele. Em uma ultima fase, ele vai tentar te provar o quanto está feliz e você sofrendo. Ele quer que você se sinta a pior mulher do mundo. Se você o mandar para a puta que o pariu, ele vai ter quase um orgasmo. Corte os vínculos, já. O objetivo não é confrontar com ele e sim tirá-lo da sua vida. Não existe amizade com psicopata. Sei que não é fácil ser indiferente, mas essas pessoas são perigosas. Não seja piedosa com alguém que só te faz mal. Eu consegui, espero que vocês consigam.

27 comentários:

  1. Tem toda a razão. Uma vez identificado o perverso narcisista- o que não é nada, nada fácil- só há uma solução: cortar todo e qualquer relacionamento com o monstro. Dito assim parece fácil. Mas não é. Trata-se de um processo que pode ser muito longo e dolorosíssimo. Cheio de dúvidas, de feridas e de humilhações.
    Quando se tem a lucidez que nos leva a cortAr de vez os laços com esse diabo, entra-se numa outra fase, igualmente difícil mAs de outra natureza: colar os cacos, quando a maioria dos que nos rodeiam não acreditam em nós ( o monstro começa sempre porinar a nossa credibilidade ) ou acham que esses problemas não passam de desentendimentos passageiros.
    Conheço bastante literatura sobre a primeira fase mas não sobre esta última. Tem sugestões?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li um livro muito interessante chama-se "Socorro me apaixonei por um narcisista"
      Grata
      Leila

      Excluir
    2. Leila,acabei de ler td que vc escreveu,e realmente eu não conhecia nada sobre esse assunto,mas acho que que acabei de ver que a pessoa que dizia me amar ,na verdade era um psicopata.Gostaria muito de poder conversar com vc,se possivel,meu email marialauraaf@hotmail.com.Por favor,realmente necessito.Obrigada.

      Excluir
  2. Olá,
    Adorei os posts, me ajudaram muito e realmente estava precisando ler sobre isso. Conheço um psicopata mas não é meu ex namorado, amigo, primo...infelizmente é a minha mãe e ela já está me enlouquecendo. Faço como o site manda (não mantenho contato) mas , meu ódio é tanto, que sinto vontade de vomitar pra ela tudo que sinto e o que ela me fez passar e faz passar até hj, esse pavor que sinto dela...Tenho 30 anos e minha mãe, apesar de eu não querer contato algum, me persegue, pede para as pessoas me procurarem, inventa histórias, mente, manipula...infelizmente, não tenho contato com meus tios e avó pois ela já criou minha caveira a todos e sinto vergonha de contatá-los pois sei que não irão entender meu lado. Afinal, para a maioria, mãe é mãe, certo? Também não gosto de me fazer de vítima e levo minha vida, sossegada, no meu canto...mas quando menos espero, lá vem minha mãe, karma do inferno!!É difícil pedir opinião pra quem está de fora...as pessoas, inclusive psicólogos, acham que é um simples desentendimento entre mamãe e filhinha...ninguém sabe de nada. Não falo com ela desde os meus 22 anos (bastante tempo pra um "simples desentendimento", né?)e não sinto falta alguma, pois vivia com uma sociopata, um inferno!! Só queria que ela tentasse me esquecer, esquecer meu marido, a família dele, enfim, que nos deixasse em paz pois era só isso que eu queria: viver em paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em casos assim ou seja mãe, tente manter uma atitude artificial pois o confronto ou o odio ( que ela sente e sabe) são atrativos para ela....
      Grata
      Leila

      Excluir
    2. Hola, eu também tenho uma mãe psicopata, e te entendo em tudo, em cima eu mudei de Continente, para ficar longe dela, assim mesmo ela persegue. Eu e meus 2 irmaos ñ falamos mas com ela desde pequeno nos maltratava, e crescemos e o maltrato segue.

      Excluir
    3. Conheço bem esse sentimento, Ly. Curtei com a minha mãe pela 2a vez, há uns 2 anos talvez e desde então sou muito mais feliz. O pior é que andei a criar réplicas dela para a tentar perceber e são tantas e aperecem de onde menos espero, que nunca mais acabo a “limpeza“. Andei num psicólogo e foi ele que me ajudou a ver isto. Foi ele que me disse que a causa de ter estes seres paranormais na minha vida era o contacto com a minha mãe e que se não sabia lidar com ela o melhor era afastar-me e proteger-me. Tenho em mim tudo que preciso para ser feliz é só afastar de vez estes seres, que descobri há pouco tempo terem um nome: sociopatas.

      Obrigada Leila, estas ditas também me são úteis para ver se termino de vez esta limpeza! :)

      Cumps

      Excluir
    4. Tenho o mesmo problema, minha mãe é psicopata narcisista, minha irmão também e meu pai, que já morreu. Pode parecer que vejo psicopatas em todo mundo, mas é que eles tendem a se agrupar mesmo, por isso existem família cheias deles. O pior é que estou com mais de 50 anos e passei a vida tentando entender o que havia de tão errado comigo, até que há poucos meses descobri que ELES é que são loucos! Foi um choque de realidade, ainda estou me recuperando, mas agora não deixo mais psicopatas entrarem na minha vida como fazia antes. Blogs como este são importantíssimos, pois nem os psiquiatras tem informação suficiente sobre o assunto.

      Excluir
  3. Passei por aqui só para dizer obrigada por estas palavras. É tão verdade tudo isto!

    ResponderExcluir
  4. Estou sendo vítima de uma pessoa com esta descrição...Não sei o que faço...ha´semanas que não respondo mensagens dele...agora ele enviou uma mensagem dizendo que vai me difamar para meu marido.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai apelar,ele quer atenção, seja de amor ou odio...a indiferença eles não aceitam, faça de seu marido um aliado...se seu marido te ama vai ajudar.
      Grata
      Leila

      Excluir
  5. Oi Leila. Gostaria de conversar com voce a respeito de seu blog. Tenho feito pesquisas sobre o assunto, pois infelizmente sou mais uma vítima. Tenho tido muita dificuldade em encontrar material sobre o tema em mulheres. Sou filho de uma psicopata e me tive outros dois relacionamentos com mulheres assim. Gostaria de saber como faco para entrar em contato com voce. Excelente blog...

    ResponderExcluir
  6. Em minhas pesquisas com mulheres com psicopatia é um pouco pior, elas são mais dissimuladas....Se vc tiver alguma questão participe aqui no blog assim todos aprendem...trocam...
    Grata
    Leila

    ResponderExcluir
  7. Nossa Leila, deveria ter achado esse blog antes, mas até então nem sabia que tinha namorado um psicopata. Foi pesquisando sobre chantagem emocional ( que ele fazia muito comigo) eu achei tópicos sobre psicopatas e vi descrições do meu ex. Foi eu dizer um não pra ele, pra que começasse a maior chantagem emocional que ele ja tinha feito comigo. Ele me ofendeu, se fez de vítima, ameaçou terminar o namoro porque só me dava gastos, só me atrapalhava, me infernizou dias, e detalhe, por facebook e por telefone, pois namorávamos a distância. No dia seguinte me ligou como se nada tivesse acontecido e eu irritadíssima e desesperada por ver como ele usou meu sentimento de culpa o tempo todo, terminei com ele por telefone, dizendo q ele era um manipulador e que a máscara dele pra mim já tinha caído. Ficamos um mês mantendo contato só por sms e e-mails, eu não aguentava de tanta raiva e mandava mensagens dizendo o que ele tinha feito, que ele tinha me magoado, que ele era um explorador, um chantagista, e ele agia indiferente, dizendo que só queria me fazer feliz, que me amava e q EU tinha acabado tudo por telefone e não tinha dado valor ao nosso amor. Isso me dava mais raiva, pq ele não via o que tinha feito, qndo pedia desculpas sempre arrumava um jeito de colocar a culpa em mim ainda. Enfim ficamos brigando assim por quase um mês, com mensagens dele se fazendo de coitado, com cólica de rins, internado, com medo, com dor e ainda dizia que eu tinha desejado aquilo pra ele. Até que fui para minha cidade, onde ele estava (namorávamos a distância), ele novamente se fez de vítima, insistiu para que conversássemos e eu acabei cedendo, pois tbm achei que merecíamos um conversa pessoalmente. Bom, ele até admitiu que errou, mas que aquilo era um defeito dele assim como eu tinha o defeito de ser ciumenta, ele desviou a conversa pra mim, ele foi falso, até chorou pq eu não quis abraçá-lo. Cheguei em casa revoltadíssima e tinha um sms dele dizendo que me amava e sempre ia me amar. Me subiu uma raiva e eu despejei novamente um monte de coisa, primeiro ele reagiu indiferente dizendo que me amava e que só me fazia feliz, depois, quando eu disse que ele só me fez feliz enquanto foi vantajoso pra ele, que ele só era uma capa bonita e sedutora e que por dentro era vazio, e que no começo ele até é um homem maravilhoso, mas que isso não se sustenta por muito tempo, ele reagiu como uma criança e ainda me chamou de louca. Depois de um tempo, me mandou um sms dizendo que estava no hospital machucado e que eu havia desejado aquilo para ele e devia ficar feliz, eu respondi com ironia e disse que ia trocar de chip. depois de 2 dias precisei colocar o chip novamente e tinha uma mensagem dele dizendo que era pra eu nem chegar perto dele e me chamou de desgraçada. Agora vi, que não devia ter alimentado toda essa discussão, eu errei, mas não sabia com quem estava lidando. Espero que ele nunca mais apareça, bloqueei e-mails dele, facebook, e ainda pretendo trocar meu chip. Quero apagar ele da minha vida...

    ResponderExcluir
  8. Será possível recuperar a alma fragmentada? Algum dia essa dor passa?
    ass Lolô

    ResponderExcluir
  9. Descobri q fui vítima de um psicopata depois de passar por vários psiquiatras. Hj tenho provas de q ele realmente é, mas era meu marido e ainda temos uma filha de 6 anos, e ela já tentou o suicídio. Anormal para essa idade e está em acompanhamento médico também. Mas não consigo mais seguir em frente, por conta de suas ameaças diretas e indiretas. Perdi o respeito de meus familiares e amigos pq não sabia lidar com isso, não sabia q ele poderia ser um psicopata... Posso pedir medida protetiva sem q ele saiba e sem q ele volte a ser preso? É como diz acima, ainda sinto pena dele. Preciso de ajuda. Minha filha precisa de ajuda, vc q entende me ajude, não posso dizer quem sou apenas me oriente por favor, não consigo mais pensar sozinha.

    ResponderExcluir
  10. Acredito q meu noivo seja um psicopata, mas como posso identificar isso com mais clareza. Ele concordou em se tratar, mas acho q isso é apenas mais uma forma de tentar me manipular. Ele mente descaradamente e se relaciona com diversas mulheres, mas comigo existe algo de diferente. Queria entender o p q. Mas tenho medo de ser mais uma vez manipulada e destruída por ele. E ao msm tempo fico com receio de pular fora e não ajuda-lo, acho q eu aguento qqer coisa agora. Nada mais q ele possa fazer me surpreende. Mas consigo identificar nele alguma espécie de sentimento em determinados momentos.
    Existe graus de psicopatia? E dependendo do grau, isso pode ser de alguma forma amenizado?
    O indivíduo conseguiria se portar de forma socialmente aceitável?
    Ele não é violento, mas mente e trai desmedidamente. Adora a conquista e tudo q lhe da status.
    Eu poderia de alguma forma intervir nisso auxiliando-o a uma visita a um psiquiatra?
    São tantas perguntas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe absolutamente nada a fazer com relação a um psicopata a não ser cortá-lo da sua vida. Não existe tratamento, pois nem sequer é realmente uma "doença". Eles são assim porque são, é um tipo de personalidade. Lamento que você esteja sofrendo assim, deve ainda estar apaixonada pelo seu noivo e isso é normal, mas comece a prestar atenção no que ele faz a você, se condiz com o sentimento que ele diz ter. Amor é para fazer bem, para a gente se sentir feliz, segura, valorizada... O resto é doença, não desperdice sua vida! Será que você não está se prendendo a esse relacionamento porque foi de alguma forma vítima de psicopatas na infância? Nesse caso a gente cresce presa a esse padrão de relacionamento, acha que isso é que é normal... Boa sorte!

      Excluir
  11. Bom dia !! Estava em busca de algum artigo para me ajudar a conseguir me relacionar com uma psicopata e caí neste blog , gostei muito . O meu caso é o seguinte ,ninha nora ,tenho certeza , por tudo que já li ,é uma psicopata .Conseguiu fazer do meu filho um cachorrinho e cada dia mais ela o trata assim . Eles t~em um filho de 2 anos e ela conseguiu levá-los para morar um ano na Europa para afastar meu filho de todos daqui , é muito triste ver como ela consegue manipulá-lo e ele não perceber .Não a considero uma boa mãe , não é conversa de sogra ,uma vez que a fama é grande ,sei disso . Fico muito angustiada ...sofro ,mas tem que ser calada ,pois mesmo ela errando meu filho a defende com unhas e dentes , está completamente cego ,lamentavelmente . Queria compartilhar com vocês minha tristeza profunda ,pois só tem esse meu filho ,que é tudo na minha vida . Será que um dia ele perceberá o quanto está sendo bobo e manipulado ? Abraços

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Leila pelo seu blog. Ele me fez tomar a decisão de me afastar de vez de um psicopata que tem acabado com a minha vida há alguns anos. O seu trabalho não pode parar. Li alguns livros sobre o assunto tais como Mentes Perigosas e Vampiros Emocionais muito esclarecedores, mas saber que mais pessoas passam por isso foi definitivo para minha tomada de decisão. Que Deus abençoe sua vida.

    ResponderExcluir
  13. Ola Leila...

    O acontece se agente esconde uma coisa de um psicopata? Mas sendo que foi uma coisa que você fez sem maldade nenhuma e ele descobre? Vai adiantar eu contar toda a verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode contar, mas ele vai usar isso contra você e te fazer sentir a pior das criaturas. É como se fosse uma rua de mão dupla.

      Excluir
  14. Oi Leila!
    Sou filha de uma psicopata, há 2 anos consegui interná-la em uma clínica pois achava que ela fosse bipolar devido a megalomania mas com 2 semanas o psiquiatra diagnosticou-a como psicopata e deu alta pois não há tratamento e me orientou a me afastar dela pois ela tentou até me matar na clínica. Não consegui o afastamento e minha vida se tornou muito mais destruída, ela conseguiu se fazer de vítima e colocou toda a família e amigos contra mim. Esse fim de semana decidi dar um basta nisso após sofrer o que eu prometi a mim mesma ser a última vez que ela me machuca. Saí do apartamento que morava, estou de favor na casa do pai do meu filho, e larguei o negócio em que trabalhava com ela. Estou sem nada, sem lugar pra morar, pra trabalhar, vou começar tudo do zero aos 36 anos na tentativa de sobreviver a esse inferno.
    Desejem-me sorte.
    Acho necessário uma maior discussão sobre o assunto das vítimas de mães psicopatas. Por termos sido criados por elas, tendo sido colocado pra baixo e humilhado a vida inteira, é muito mais difícil a libertação.
    É uma dor imensurável.
    Noto pelos relatos que nesse caso a agressão é em sua maioria verbal mas destruidora pela vítima ser agredida uma vida inteira, desde o ventre.

    ResponderExcluir
  15. Leila, parece que estávamos nos relacionando cm a mesma pessoa ... É terrível! Eu já larguei e estou na fase de resistir a não atender.

    ResponderExcluir
  16. Excelente post!
    Depois de ter lido quase tudo o que existe sobre o assunto, chego à mesma conclusão, cortar definitivamente o contacto é a única solução, embora seja extremamente difícil.
    Quem quiser saber o que se passa na cabeça destes perversos aconselho o livro escrito por um narcisista (Sam Vaknin): "Malignant self love", a introdução desse livro descreve o que se passa na mente de um perverso narcisista, é a coisa mais triste que eu já li. Sintam-se abençoadas por não estarem na pele deles. É o que podemos chamar um abr'olhos!!!

    ResponderExcluir
  17. Sou irmã de uma psicopata, que até pouco tempo se tratava com um Psiquiatra, mas ela nos garantia que era uma Esquizofrênica e Bipolar. Mas, depois de sofrer por causa de intrigas que ela fez sobre mim, na tentativa de se passar por vítima , ela não demonstrar nenhum remorso e eu ainda peguei um sorriso macabro, quando conseguia por as pessoas contra mim: Ela infelizmente é uma Psicopata. Eu já falei para ela o que ela é. Mas não aceitou e continuou a manipular a pobre da nossa mãe, que briga com todo mundo para defendê-la! Já tentei alertar minha mãe, mas ela é tão ingênua e briga comigo falando que estou mentindo e que mereço ser desprezada por todos! Acreditem mesmo eu tendo falado minha irmã que Deus estava vendo suas maldades e que parasse, ela nem se importou! Ela voltou a ficar com o pai do filho dela que também é um psicopata e eles estavam jogando minha mãe contra mim. Agora os dois se separaram e ela está colocando todo mundo contra o pai do filho dela e se passando como vítima dele! Quer colocá-lo na Justiça e dizer que foi outra pessoa! Tem hora que quero sair correndo aqui de casa, porque tenho sofrido muito com esta situação!

    ResponderExcluir